29 de mar de 2013

Como posso salvar uma vida?


São muitas as formas de salvar uma vida. Desde aquela simples palavra de incentivo que pode ajudar alguém a sair de uma depressão, cheia de pensamentos ruins contra a própria vida, até as cirurgias mais complexas de um médico.

Doar sangue é algo que eu quero muito fazer, mas infelizmente ainda não posso.
Há uma exigência de que os doadores devem pesar no mínimo 50kg, o que não é meu caso.

Mas como forma de ajudar, estou fazendo a minha parte, "doando exemplo"!

A Cruz Vermelha começou uma campanha para incentivar as pessoas a fazerem algo que dizem não demorar e nem doer: Doar sangue.

Ou para quem não pode, compartilhar a ideia!
Inclusive, há um aplicativo legal para quem é blogueiro e quer divulgar a campanha.


Quem pode doar?

- Pessoas entre 16 anos e 65 anos (doadores entre 16 e 17 anos com consentimento formal do responsável legal)

- Pessoas com peso acima de 50 kg
- Se homem, não pode ter doado há menos de 60 (90) dias
- Se mulher, não pode ter doado há menos de 90 (120) dias
- Ter passado pelo menos três meses de parto ou aborto
- Não estar grávida
- Não estar amamentando
- Estar alimentado e com intervalo mínimo de duas horas do almoço
- Ter dormido pelo menos seis horas das 24h que antecedem a doação
- Não ter feito tatuagem, piercing ou acupuntura há menos de um ano
- Não ter recebido transfusão de sangue ou hemoderivados a menos de um ano
- Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem a doação
- Não ser usuário de drogas
- Não ser portador de doenças infectocontagiosas como sífilis, doença de chagas e HIV (I ou II)
(Fonte: Wikipedia)

Onde doar?
Basta digitar no Google "Onde doar sangue (seguido do nome da sua cidade)" e vários lugares provavelmente serão mostrados.
Aqui em Curitiba, é possível doar no Hemobanco, localizado no bairro Batel.
(Conheça o site aqui.)
Além de vários outros lugares que você pode conferir clicando aqui.

Você já doou sangue alguma vez? Conta nos comentários como foi! ;)


Encontre-me:
@JessicaKeepCalm

Pin It Now!

10 comentários:

  1. Eu nunca doei, mas sempre tive vontade de ajudar.. Na época que surgiu uma oportunidade eu não me encaixava em todas as regras. Quem sabe agora a oportunidade não chega?!

    Ela Só Pensa Nisso!

    ResponderExcluir
  2. Também queria doar, mas não tenho peso também. Linda iniciativa, Jessica. Vou incentivar meus leitores também.
    Bjos
    www.vocevaideque.com

    ResponderExcluir
  3. Tive essa esperiência de doar sangue agora, tenho 21 anos e sempre tive a vontade de doar, infelizmente um dos meus colegas de trabalho descobriu leucemia e estava precisando de doadores de sangue pra se recuperar e começar os tratamentos, nao pensei duas vezes e fui fazer minha parte, foi essa semana mesmo dia 28/03/2013,passei por um processo pra saber se podia doar e graças a Deus eu pude, realmente nao doeu nada, só depois da doação que minha pressão baixou um pouquinho mais não foi nada demais, eu fiquei a a sensação de dever cumprido, pude perceber o quão importante é e principalmente como podemos ajudar sendo solidários, quando vi seu post logo pensei, nossa parece que ela sabia que eu fiz a doação, foi uma coisa marcante pra mim, espero sempre poder doar sangue, adoro a ideia de poder estar ajudando alguém a se recuperar ou até salvar uma vida. Parabéns pelo post, não esperava ver uma guru falando sobre isso no blog. Grande beijo Jéssica e diz pras meninas que não dói nada rs. bjs bjs bjs

    ResponderExcluir
  4. Tive essa esperiência de doar sangue agora, tenho 21 anos e sempre tive a vontade de doar, infelizmente um dos meus colegas de trabalho descobriu leucemia e estava precisando de doadores de sangue pra se recuperar e começar os tratamentos, nao pensei duas vezes e fui fazer minha parte, foi essa semana mesmo dia 28/03/2013,passei por um processo pra saber se podia doar e graças a Deus eu pude, realmente nao doeu nada, só depois da doação que minha pressão baixou um pouquinho mais não foi nada demais, eu fiquei a a sensação de dever cumprido, pude perceber o quão importante é e principalmente como podemos ajudar sendo solidários, quando vi seu post logo pensei, nossa parece que ela sabia que eu fiz a doação, foi uma coisa marcante pra mim, espero sempre poder doar sangue, adoro a ideia de poder estar ajudando alguém a se recuperar ou até salvar uma vida. Parabéns pelo post, não esperava ver uma guru falando sobre isso no blog. Grande beijo Jéssica e diz pras meninas que não dói nada rs. bjs bjs bjs

    ResponderExcluir
  5. Passei por essa experiencia ontem, na verdade nunca doei sangue antes mas sempre tive vontade de fazer, no trabalho tenho um amigo que descobriu q estava com leucemia aguda e precisava da doação de sangue e nao pensei duas vezes, fui lá e fiz minha parte, realmente não dói nada, só depois da doação q minha pressão baixou um pouco mas não foi nada demais, estou com a sensação de dever cumprido e espero te ajudado, estou me sentindo muito bem por isso e quero continuar doando sempre, parabéns pelo poste, compartilhar é sempre uma ótima forma de ajudar. Tbm espero ter ajudado contando um pouquinho da minha experiencia pra vcs, pois sou nova tenho 21 anos e quero sempre ajudar. grande beijo fica com Deus!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Quando eu era pequena, organizaram uma saída pedagógica para a minha turma nos levava para um centro de doação de sangue. Conhecemos como que ocorria as doações, uma centrifugadora (para coagulação do sangue), o banco de sangue, assistimos uma palestra explicando sobre os tipos sanguíneos e porque devemos doar sangue. Nós não podemos doar, mas nossas professoras doaram e no final ganhamos brindes e lanches. Isso foi o mais próximo que eu cheguei de doar sangue, mas começarei a doar assim que completar 16 anos. Achei brilhante essa ideia de falar sobre as doações no seu blog e vou agora mesmo incentivar os meus leitores!!

    www.facaumbrigadeirofeliz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa muito legal, eu tambem tenho muita vontade de doar, mais pelo mesmo motivo que você, não posso, pois não tenho mais de 50kg.

    ResponderExcluir
  9. Adorei o seu post , acho que mais blogueiras deveriam fazer post's como este , parabéns .
    wwwmychele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui! ;)

Arquivo do blog