4 de jun de 2013

Como eu me livrei do TOC | Transtorno obsessivo-compulsivo

Desde que eu lancei o vídeo 50 fatos sobre mim algumas pessoas me enviaram e-mails (jessica@keepcalmdiy.com) perguntando como eu consegui acabar com o TOC.

Outras várias se identificaram com outros fatos e eu adorei saber disso! Fico feliz que tenham gostado de conhecer mais um pouquinho sobre mim. :)

Hoje eu decidi compartilhar com vocês a minha experiência com esse transtorno

Se eu consegui deixar ele de lado, você também pode!



Antes de mais nada, vamos a uma breve definição:

"O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) ou distúrbio obsessivo-compulsivo (DOC) é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos e compulsivos no qual o indivíduo tem comportamentos considerados estranhos para a sociedade ou para a própria pessoa; normalmente trata-se de ideias exageradas e irracionais de saúdehigieneorganizaçãosimetriaperfeição ou manias e "rituais" que são incontroláveis ou dificilmente controláveis."

Agora, meu relato:

Eu não sei ao certo quando, nem como tudo começou. Eu era criança e devia ter mais ou menos 13 anos quando descobri que o nome da minha mania compulsiva por certas coisas que ninguém mais fazia ou entendia, chamava-se TOC.
Me lembro que estava no meu quarto quando vi uma reportagem na televisão e me identifiquei na hora.

Apesar do meu pai ser médico, em casa de ferreiro o espeto é de pau e eu sabia que não adiantaria nada dizer pra ele. Até porque meus pais iriam dizer que era besteira ou que eu estava ficando louca.

Nessas horas, parece que ninguém pode nos compreender.

Portanto, eu nunca disse nada. Aliás, meu pai, novo telespectador de todos os meus vídeos, provavelmente só soube que eu um dia tive TOC depois de assistir meu último vídeo.

Mas cada caso, é um caso. Eu sempre tive uma cabeça muito "forte" e sabia que conseguiria largar o TOC sozinha, sem a ajuda de mais ninguém. 
Pensem numa pessoa que foi batizada de batom preto nos lábios pelo simples fato de querer mandar em si mesma desde criança?! haha

Mas isso não acontece com todo mundo. Então, caso você tenha e isso esteja atrapalhando sua vida, peça ajuda dos seus pais e vá em um médico.

Quando eu digo "atrapalhando sua vida" quero dizer quando você precisa conferir se realmente desligou o fogão mais de 5 vezes e isso te atrasa pra um compromisso.
Ou quando você tem que acordar cedo no outro dia, mas precisa lavar cada cantinho das suas mãos 8 vezes antes de dormir e, por isso, dorme tarde e se atrasa para aula.

Nesse momento, esqueça o convívio com o TOC. Já é hora de mandar ele ir embora.

O problema é:
"Mas como eu vou deixar de fazer meus rituais se eu preciso deles?! Eu sinto que algo ruim vai me acontecer se eu não fizer."

Calma, eu entendo você.
Teve uma época que eu precisava contar tudo em números ímpares e deveria dar sempre o número 3.
Ou seja, se eu abria a torneira, deveria abrir e fechar ela três vezes e contar mentalmente:
"Um, dois, um, dois, três."

Quando eu ia dormir, precisava ir até a cozinha e me certificar de que todas as portas dos armários estavam fechadas. E pra isso, eu tinha que abrir as portas e fechar.

Não sei se por conta disso ou se foi apenas coincidência, mas eu adquiri tiques nervosos.
A minha sobrancelha mexia sozinha sem eu perceber. Até que um dia, uma amiga em uma festa, que por sinal mais tarde tornou-se médica, me chamou atenção.

Bem, com o tempo, depois de muito tempo, aquele tique foi embora.

E eu queria largar o TOC porque já estava realmente de saco cheio.

Eu não tinha os mesmos rituais sempre, era só de vez em quando, mas havia o pensamento:
"Eu preciso seguir meu ritual, porque alguma coisa pode acontecer".

O fato é que eu me cansei. Aos poucos decidi que ter TOC não era mais legal ou engraçado e estava tomando proporções maiores, então deixei de fazer alguns rituais e falei pra mim mesma:
"Não vai acontecer nada e quer saber?! Dane-se! Não vou fazer e ponto."

E eu literalmente discutia comigo mesma (mentalmente).

Aliás, desde sempre eu adoro falar sozinha. Eu e eu mesma somos ótimas amigas e nos entendemos muito bem.

Então, eu procurava fazer outra coisa até esquecer o "ritual".
Ali era o começo para ficar livre. Nem sempre dava certo, mas aos poucos, eu fui dominando minha mente.

Alguns anos mais tarde eu não tinha mais TOC.

Hoje em dia eu tenho apenas manias saudáveis, que me fazem sentir bem e jamais me sentir mal ou obrigada a fazer alguma determinada coisa.

Por exemplo, antes de dormir eu confiro se as portas estão fechadas, sempre. Mas por segurança.

Eu não precisei de nenhum remédio e também não fui em nenhum psiquiatra ou algo do gênero.

A única coisa que eu fiz, foi controlar a minha mente.

Pode parecer papo dizer "controle sua mente". Mas pra mim, isso é realmente algo que funciona. Não só com isso, mas com relação a tudo.

Provavelmente você não vai conseguir isso do dia pra noite, é algo gradual.

Bem, e é isso. Espero de alguma forma ter ajudado. Se você também tiver TOC ou algo parecido e quiser compartilhar nos comentários, fique à vontade, tá?!

* Tem muita informação nos comentários dessa postagem. Não deixe de ler. :)

Obs.: Esse é apenas o meu relato. Não deixe de procurar um psicólogo (ou psiquiatra) caso sinta necessidade ou conheça alguém que precise de ajuda.


Twitter/Instagram: @JessicaKeepCalm


Pin It Now!

102 comentários:

  1. Parabéns por ter tido coragem de relatar o que sentia. Algumas vezes, as pessoas são julgadas por aquilo que tem e que outros não conhecem.

    Adorei o layout novo! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Kerolaynne, eu não tenho problemas quanto a isso mesmo. :)
      Bjs

      Excluir
  2. Nossa não conheçia esse transtorno , legal como você passou por isso , e tipo uma briga com sua propia mente pelo o que eu entendi , vou procurar entender mais desse toc , e tentar compreender melhor , Parabens porque você conseguiu vencer isso .
    Beijos



    dobatomaosaltoo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito legal o seu relato!!!
    Super sincero e franco!É muito bom poder se curar de um problema sem mais sequelas!Parabens!
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  4. Sei como é difícil, eu mesma tinha este transtorno mas com coisas pequenas, como: não poder ver bolinhas agrupadas que tenho que desagrupar (tipo caviar), tinha que conferir todas as portas antes de dormir, os números dos volumes de tudo tinha que ser múltiplo de 5 e por ai vai... Mas com o tempo decidi que não ia mais fazer isso e hoje em dia não tenho mais mania nenhuma neste estilo, o que é MUITO bom!! Amo seu blog, parabéns, sucesso!! :))

    ResponderExcluir
  5. Parabéns por conseguir vencer isso linda, e por ter tido coragem de postar isto!
    Beiijoos =*

    http://horadecausar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu tinha o mesmo toque que você.. se pisasse com um pé em determinado local, teria que pisar com o outro tbm...
    Com o tempo eu fui esquecendo disso e foi passando, mas as vezes ainda me da umas manias loucas...

    Adoro seu blog...

    Beijinhosss

    http://kahcastioni.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito do se Blog Jéssica, acho que o seu é um dos poucos que trata as coisas com seriedade de verdade. Você é uma pessoa séria e que passa muita confiança no que diz. Muitas blogueiras diz que agora são profissionais e que o Blog é seu trabalho, mas quando aparece na primeira oportunidade se vende, pra mim isso não é profissionalismo. Acho que Blog bom é aquele que consegue se manter sempre verdadeiro, de inicio achava você muito séria e sei lá não gostei da verdade (iludida com algumas mascaras dos outros Blogs), mas com o tempo eu sempre muito curiosa fui pesquisando e ouvindo coisas sobre esse mundo de "Blogs de Moda" e percebi que a maioria deles não passa de mera aparência, a seriedade do seu trabalho me impressionou muito e hoje estou aqui só pra te dar parabéns pelo trabalho. Estou tentando me livrar de um transtorno depressivo eu mesma tambem, não é a mesma coisa que TOC mas esta sendo dificil imagino como não deve ter sido difícil pra você. Mas aos poucos as coisas vão voltando ao normal ou ao que parecia normal, com o tempo (talvez bastante tempo) eu estarei totalmente livre desse mal como você se livrou também.
    Mais uma vez Parabéns pelo seu trabalho e continue assim sempre, nem preciso dizer que estou aqui sempre né?!

    Se tiver um tempinho visite meu Blog novinho e super singelo, mas com conteúdo meu não tenho as intenções de ficar famosa nem conhecida é mais um hobbie pra passar o tempo e tirar coisas ruins da cabeça. Espero que goste http://abikuda.blogspot.com.br/

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fernanda, muito obrigada pelo comentário, de verdade!!
      E você com certeza vai ficar bem sim!
      Vou conhecer seu blog agora! :)
      Bjoss

      Excluir
  8. Me identifiquei. Teve uma época que tudo que fazia com uma mão tinha que fazer com a outra, por exemplo, se eu queimasse um dedo no forno colocava o outro também HUEHUEHUE se não fizesse isso sentia um incomodo muito estranho sabe, me sentia incompleta não da pra explica, como tempo isso foi acabando, vi q realmente eu tinha que parar com isso AINDA BEM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha somos todas doidas! Eu te entendo!
      Mas que bom que o seu também passou! :)

      Excluir
  9. Jéssica TRevisan4 de junho de 2013 20:05

    Jéeeeeee é mal de Jéssica kkkk Porque eu tenho :( mas não me prejudica muito... Mas não consegui me controlar... admiro vc que se livrou! Eu e eu mesma somos inimigas ela é muito chata e me controla :( Tenho toque por limpeza... e deixar tudo organizado... e tbm lavar as mãos direitinho... até no banho demoro mais pra fazer meus rituais!Mas antes era muito pior estou me curando aos poucos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita!!
      Pelo menos você está sempre limpinha! hehe

      Mas falando sério, tem que tentar se controlar sim. Aos pouquinhos você vai conseguir deixar a mania que te incomoda, um pouco de lado! :)

      Excluir
  10. Jessica, eu tbm comentei no video que voce fez, e estou SUPER feliz em ver que voce compartilhou isso com agnt! Tomo remedio, vou ao psicólogo, e tudo mais. Mais quero me largar disso logo! As vezes tento comandar minha mente, mais infelizmente nem sempre é possível. Vou tentar ir aos poucos, do jeitinho que voce falou. Minha mãe que descobriu isso em mim, pq na época ela fazia faculdade de psicologia, comeceu esse distúrbio muito cedo sabe?! Mais agradeço pela minha mae tenha visto, e me ajudado! Minha mae leu junto comigo, ela amou! Ela luta muito para isso acabar! Jeeh, voce é guerreira, continue assim voce vai longe!!! MUITO obg por ter nao so me ajudado, mais ajudado esse tanto de gente que esta comentando aqui! Um SUPER beijo, fique com Deus! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Alice, de certa forma, que legal saber disso! Obrigada!!
      Não desista! E sabe o que eu acho legal também... Eu não sei o seu caso, é claro, porque cada pessoa reage de uma forma, mas pra mim, eu levava o TOC meio que numa brincadeira sabe?!
      Os amigos pra quem eu contava me achavam louca e eu dava risada!
      Então não "sofria". Eu só comecei a ficar realmente incomodada quando aquilo começou a tentar tomar conta de mim. Aos poucos você também vai conseguir! :)
      Bjss

      Excluir
  11. Acabei de descobrir que tenho TOC. Me indentifiquei muito com tudo o que vc disse, tenho mania de lavar a mao toda hora "senao algo de ruim vai acontecer". Quando eu vou beber agua eu fico enchendo o copo toda hora mesmo que eu nao queira mais agua, mas é como se eu precisasse encher o copo, as vezes ate transborda e tudo. Eu sempre achei q essas coisas q eu faço sao estranhas mas nao sabia que tinha um nome pra isso. Vou tentar controlar minha mente como vc e me livrar disso. Obrigada e beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, é, pelas coisas que você disse, também parece TOC.
      Tente controlar sim, quanto antes, melhor! :)
      Bjos

      Excluir
  12. Que Deus te Abençõe na sua atitude de compartilhar seus sintomas, não tenho TOC, mas ja convivi com colegas de trabalho que tinham e pra elas era um sofrimento atroz. mas o que é happyé que VC Jéssica conseguiu com seu autocontrole minimizar essa onda repetitiva dos rituais, que esse relato ajude a muiitas nesse processo bjim!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Nídia, obrigada por estar sempre presente! :)
      Bjss

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Acho que me identifiquei com algumas coisa suas haha A minha ultima mania é ter que tocar nas imagens(imagens relacionadas a religião) da minha casa e terço antes de sair de casa e dormir,parece que se eu não fizer isso, não tenho fé, ou vou estar em falta com Deus, ou algo de ruim vai acontecer. Não sei porque eu tenho isso porque a minha religião (católica) é totalmente livre você vai a missa e faz as coisas relacionadas á igreja se você quiser e tiver vontade(minha opinião). Acho que esse é um caso pra eu controlar mais minha mente né??
    beijos, adorei o post!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fernanda, eu já tive a MESMA coisa que você!
      Precisava tocar nos santos do meu quarto.
      Aí eu parei e falei pra mim:

      "Ah não, mais esse toc não!" e comecei a parar mesmo pensando que "algo ruim podia acontecer".
      No final das contas, nada ruim aconteceu por isso. :)

      Bjoss

      Excluir
  15. Jessica, conta mais pra gente de como é isso de querer mandar em voce mesma desde pequena? Haha
    Tenho muitos problemas com meus pais por eles me controlarem demais, e ja tenho quase 20 anos. As vezes acho que é porque eu acabo "deixando" entao queria saber como foi que voce se impôs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Karen, eu desde pequena fui mandona.
      E com o passar do tempo, eu percebi que agindo de algumas formas, meus pais sentiam mais liberdade pra mandar em coisas que não deveriam, então eu simplesmente "cortei" isso.

      Mas não estou aconselhando ou dizendo pra você ou outra pessoa fazer isso. Esse foi o modo como eu fiz e funcionou pra mim. Até porque eu sempre odiei pessoas (qualquer pessoa) se metendo na minha vida, dizendo o que eu posso ou não fazer. Eu nasci com esse pensamento já... :)
      Bjs

      Excluir
  16. Eu nao tenho esse problema, mas muito legal da sua parte compartilhar isso com os demais!

    Ps. Jéssica, hoje eu que venho dar uma dica pra vc. Nao tem nada a ver com o tema do presente post, mas eu usei uma mascara de argila amarela no meu caso, tenho pele seca) e gostei mto! Deixou minha pele macia e clareou bastante. Deve ser usada uma vez por semana.

    ResponderExcluir
  17. Continuando... É da marca Cativa Natureza, que é uma empresa aqui de Curitiba mesmo. Estou usando um sabonete para limpar a pele de argila branca (para pele normal) e limpa mesmo. To compartilhando isso com vc pq sao produtos que usei e estão aprovados, talvez vc se interesse em compra-los para testar ou entrar em contato com eles para parceria, quem sabe.
    Nao sou dona da marca nem tenho qualquer relação, já q to fazendo propaganda, haha. Mas eu realmente gostei e com certeza comprarei outros produtos da marca. #ficaadica

    Boa sorte e sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Leticia, muito obrigada pela dica!
      Não conhecia sobre essa marca, vou procurar sobre ela depois! :)
      Bjss

      Excluir
  18. Oi Jéssica, nossa sua história é muito igual a minha... haha
    Eu também tinha TOC e me curei sozinha... fazia o mesmo que você, disse que não faria e ia esquecendo. Hoje em dia eu não tenho mais isso também.
    Gostei de você compartilhar essa história em um post, quem sabe mais meninas não resolvem pelo menos tentar "controlar sua mente" sozinhas, acho tão ruim precisar tomar remédio e etc.
    Beijos

    frescurasdemulherzinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Grazielle, que bom que você também deixou as manias de lado!! kkk
      :)
      Bjss

      Excluir
    2. Ola pessoal meu nome e bruno tenho TOC a 2 anos atraz eu fiquei muito mal o trastorno era muito grande entrei em depressão mais consegui me livra do TOC a 95% mais hoje voltou tudo de novo nao tenho as mesma mania de antes mais nao controlo minha mente sempre q eu tou bom minha mente vem e começa tudo de novo" voçe tem toc posso te controla nao tem cura" tipo isso fico muito pra baixo e poriso tou sofrendo vcs que tem esse transtono sabe dizer sem esse TOC tem crise tipo epoca a pessoa esta de boa e outra epocas eta ruim. me responda para meu imail: bruno_bobermam87@hotmail.com obrigado!!

      Excluir
  19. Gostei muito, da forma de como fez para o TOC desaparecer da sua vida! haha' Mas parabéns!
    Nunca tive TOC, mas pelo modo que falou, com certeza vai ajudar Até quem não tem TOC!
    Parabéns pelo seu esforço :)

    ResponderExcluir
  20. Amei o post, eu me identifico um pouco mas o que tenho não são rituais, são pensamentos contínuos que simplesmente não saem da minha mente... mas acho que assim como você, vou superando isso, é tudo uma questão de tempo não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim! com o tempo tudo se resolve!
      Mas se você achar que está muito difícil, não tenha medo de pedir ajuda pra alguém! :)

      Excluir
  21. Tenho transtorno também, mas é alimentar :/
    iniciei um blog sobre o assunto e vi que a quantidade de pessoas que se identifica com a situação é inimaginável, tive um apoio que nem sonhava que ia ter e o blog tem me ajudado muito a controlar a compulsão alimentar. Transtorno é sofrimento e a mudança depende única e exclusivamente de quem sofre.

    O blog: http://diariodepacoca.blogspot.com.br/
    Espero que gostem também :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Amanda, que legal que ciou um blog e ele está te ajudando!
      Vou conhecer ele! :)
      Bjss

      Excluir
  22. Oi Jéssica, tudo bem? Que bom que você conseguiu livrar-se do TOC, mas acho que você se equivocou em ter indicado a pessoa a procurar MÉDICO. Deve-se procurar um PSICÓLOGO, e não um médico. Nem todo psicólogo é médico e muito menos um médico é um psicólogo. São áreas diferentes. Um PSIQUIATRA é formado em medicina, é um médico, mas a única diferença é que o psiquiatra pode receitar REMÉDIOS. Ao contrário do psicólogo!

    Realmente os seus sintomas de verificação de portas e janelas são característicos do paciente portador do TOC, talvez você tenha alcançado a " cura " por ser um TOC moderado a leve, mas pessoas que tem isso de uma forma severa são prisioneiras da sua mente, então " controlar sua mente " não é a maneira mais adequada de encaminhar um portador de TOC. Que ótimo que funcionou com você, mas ficou parecendo que foi isso que te livrou e que funcionará com outras pessoas. Desculpe, mas ficou uma informação muito jogada. Ficou uma coisa muito senso comum!

    Falo isso porque sou estudante de psicologia, do 5 período e sei do que estou falando. Pessoas precisam de acompanhamento PSICOLÓGICO, e não uma consulta em um médico.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, tudo bem e você?

      Eu não me equivoquei não. Eu sei a diferença entre um psicólogo e um psiquiatra.

      Eu disse "médico" porque no caso de uma pessoa que não consegue se curar sozinha, eu acho que remédios podem funcionar melhor, já que não acredito tanto em psicólogos.
      (Sem tirar seu mérito, já que eu mesma já pensei em cursar e adoro psicologia).

      Não é simplesmente pra "ficar parecendo que foi isso que me livrou do TOC".
      FOI ISSO QUE ME LIVROU DO TOC. :)

      E como eu disse acima, esse é o "meu" relato. Pra mim funcionou. Só quem tem ou já teve pra compreender como tudo depende exclusivamente da nossa cabeça. Portanto, conseguir controlar ela faz uma imensa diferença na condição de vida.

      Mas de qualquer forma, a sua opinião é muito válida aqui, obrigada!

      Bjs

      Excluir
    2. Oi Jessica... Tudo bem? Fiquei muito contente por você ter coragem de relatar sua história. Mas no caso de TOC não conseguimos domar as nossas mentes, é justamente por isso que usam as repetições como refúgio os pensamentos obsessivos das mente (entre alguns, como chutar uma criança, agredir um bebê, cometer delitos sexuais, se jogar na frente de algum carro ou ônibus, matar alguém)... Se essas pessoas doentes conseguissem domar a mente os manicômio estariam vazios, concorda?
      O TOC pode ser facilmente confundido com manias ou tiques, que são absolutamente diferentes. Acontece muito com crianças, e com o amadurecimento do Sistema Nervoso Central as pessoas NORMAIS vão deixando a maioria das Idéias Obsessivas.
      É impressionante o poder da mente sobre o ser humano, estudei um caso de um adolescente que passava dias sem tomar banho por quê imagina que se tomasse "algo se ruim aconteceria". Mas não é um caso leve que a família não percebe, são casos extremos que levam ao suicídio.
      Bom, estude um pouquinho mais sobre o TOC, você se surpreenderá com o relatos, e acho que depois do seu vídeo, o seu pai conversará com você sobre o TOC!
      Mas fico feliz pela sua melhora!
      Um beijooo...
      Tudo de bom na sua vida! :)

      Excluir
    3. Olá Jéssica!

      Parabéns pelo seu blog, você é uma querida e tem vídeos incríveis! Acompanho e acho lindo o seu trabalho, sem contar na pessoa cativante que demonstra ser.

      Sempre acompanho o blog e ao ver o post sobre o seu "TOC", achei importante deixar minha mensagem. Sou psicóloga, com longa formação, e talvez nos outros posts eu não tenha tanto a contribuir.

      Fiquei preocupada com a maneira que a informação foi passada, pois como percebi nos comentários, algumas pessoas sequer conhecem o transtorno. O seu público tem uma grande identificação com você e acho importante esclarecer um pouco mais (não a você, claro, mas a eles) essa informação, já que o blog acabou sendo uma fonte de referência.

      O TOC é um transtorno relacionado à ansiedade e pode se manifestar de formas diferentes e particulares em cada indivíduo. Nem todo pensamento obsessivo ou compulsão são caracterizados como TOC.
      A exemplo, crianças mesmo passam por aquela fase da qual "só posso pisar na parte preta do piso e com o pé direito, assim eu não irei mal na prova de matemática". Quem nunca viu ou ouviu alguém dizer que depois do terceiro carro amarelo seria um indicador de que deveria tomar a decisão X. Comum durar até a adolescência (e mesmo vida adulta), e todas as duas situações são de pensamento obsessivo. O que não indica transtorno psíquico por isso. A derivação para uma doença é mais complexa.
      O diagnóstico de um transtorno mental é muito grave e necessita de cuidado profissional para tal.

      Não estou querendo me interpor no seu relato, de maneira nenhuma, você só compartilhou sua experiência. Mas acaba sendo de minha responsabilidade ler e não deixar passar em branco.
      A sua própria avaliação e crítica, bem como a determinação e auto controle sobre a sua situação talvez até descaracterize o próprio quadro de TOC.

      Como você falou, "tudo depende exclusivamente da nossa cabeça" e a cabeça de cada um é um universo particular, essa é graça do negócio. Nem tudo é um problema, às vezes é só uma maneira de funcionar. Mas para as pessoas que sofrem de transtornos psíquicos, assim como com qualquer questão física, precisam de cuidados profissionais. Independente de "crenças", pois cada ciência tem a sua responsabilidade e campo de atuação.

      Espero que o comentário seja só uma forma de somar.

      Um grande abraço!

      Excluir
    4. Olá, muito obrigada pelo comentário!
      Com certeza "soma" e acho válida vindo de vocês estudantes e/ou profissionais da área.

      Eu indiquei na postagem que acho interessante que os comentários sejam lidos justamente porque possuem outros relatos, além de comentários como esse.

      Mas vou, mais uma vez, indicar na postagem que é interessante consultar um psicólogo (ou psiquiatra).

      Bjs

      Excluir
  23. Jéssica, uma amiga me mostrou o seu blog e fiquei encantada! Está de parabéns! Suas dicas são ótimas, e fala com uma sinceridade fácil de ser notada! Em relação a esse post, me identifiquei bastante...tenho umas manias/rituais, e se deixo de fazer alguma coisa penso que algo ruim pode acontecer...já tentei deixar de lado, mas algumas não vão embora! Vou continuar tentando controlar a minha mente em relação a essas manias, obrigada por mostrar o outro lado da moeda!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Amanda, fico feliz que tenha me encontrado!! :)

      Eu percebi que mais pessoas do que eu imaginava, já tiveram TOC ou ainda tem.

      Mas se você já conseguiu se livrar de algumas manias, sinal que o resto com certeza vai embora com o tempo!
      O importante é não deixar nada atrapalhar sua vida, se começar a te atrapalhar, aí é legal procurar ajuda, né.

      Bjss

      Excluir
  24. é muito bom saber que não sou a única nesse mundo com esses "hábitos" .. é realmente uma loucura, e o pior do TOC, são os pensamentos NEGATIVOS que costumam vir acompanhados com os rituais - do tipo: faça isso, se não acontece aquilo - isso é desgastante, e acaba te deixando meio pirada. No meu caso, tinha obsessão pelo número 3 e me lembro que tudo começou quando eu tinha lá uns 4 anos .. assim como você, aprendi a controlar a minha mente e ainda tenho alguns "rituais", mas nada que me impeça de viver a vida como uma pessoa normal. Pra quem tem, aí vai a dica: se controla, que sim, você consegue mulher ! beeijos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tinha essa coisa com o número 3, não sei por qual motivo!

      Mas que bom que você também conseguiu deixar ele de lado!

      O importante eu acho que é não ficar sofrendo por isso, manias pequenas todo mundo tem, afinal de contas, né?! :)

      Bjoss

      Excluir
  25. Tenho TOC e sei o quanto é terrivel, quem nao tem, nao sabe como é...
    Essa "obrigação" que temos de fazer os rituais acaba com a gente!!
    Cheguei até a ficar depressiva por causa disso há muito tempo atrás, mas com ajuda médica melhorei e muito! Só que apenas a ajuda médica não basta, tem a outra parte que quem tem que fazer somos nós mesmas! Obrigada pelo relato, é sempre bom sabermos que existem pessoas que conseguiram se livrar completamente dessa doença, é uma inspiração! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Aline, pois é, eu sempre penso que "a nossa cabeça é muito importante".

      E eu penso assim por experiência própria. Quando eu tô estressada, parece que a vida é uma droga, mas quando eu decido olhar o lado positivo das coisas (já que tudo sempre tem um lado positivo) parece que o dia vira outro!

      Eu entendo bem como é essa sensação de obrigação. Mas se você já está tentando, quando menos perceber, vai se livrar dele também.

      Eu não digo que me livrei 100%, mas 99% eu acho que sim. :)

      Bjss

      Excluir
  26. E ahh, além de tudo isso, me identifiquei com você pelo TOC e por você ser capricorniana do dia 16 de janeiro também :D Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha opa, mais uma capricorniana por aqui! :)

      Excluir
    2. Ola pessoal meu nome e bruno tenho TOC a 2 anos atraz eu fiquei muito mal o trastorno era muito grande entrei em depressão mais consegui me livra do TOC a 95% mais hoje voltou tudo de novo nao tenho as mesma mania de antes mais nao controlo minha mente sempre q eu tou bom minha mente vem e começa tudo de novo" voçe tem toc posso te controla nao tem cura" tipo isso fico muito pra baixo e poriso tou sofrendo vcs que tem esse transtono sabe dizer sem esse TOC tem crise tipo epoca a pessoa esta de boa e outra epocas eta ruim. me responda para meu imail: bruno_bobermam87@hotmail.com obrigado!!

      Excluir
  27. Seu blog é legal, mas não entendo o porque de clicar em "leia mais", se não tem tanto conteúdo a exibir.
    Poderia deixar tudo na mesma página! É mais prático pra quem lê, e principalmente, não cria expectativa que vai ter muito mais informação, quando só tem mais uma meia dúzia de frases.
    Isso acontece com todas as postagens, achei chato.
    Desculpe a franqueza, obrigada por permitir uma crítica construtiva.

    ResponderExcluir
  28. Eu não tenho rituais mais infelizmente acho que tenho o toc , tipo se não fizer algo algo me diz que algo de ruim vai acontecer , isso ta virando loucura , por que até quando estou andando algo me diz que se eu não ultrapassar um lixeira por exemplo antes de um carro eu vo ser atropelada e tals , isso ta virando loucura :(((((

    ResponderExcluir
  29. Nossa amei tudo que vc falou, e eu tenho muitas manias mas creio eu ela são saudáveis e me fazem bem!


    http://opiniao---propria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Nossa Jéssica! Amei seu post. SUPER me identifiquei com vc. Tb não lembro como eu comecei com o TOC, na época não se falava nessa "doença". As vezes achava que eu era meio louca...rs por isso nunca falei para ninguém. Até que um dia (IGUAL A VC) pensei: Vou acabar com isso, pois Deus não vai deixar que algo de ruim aconteça comigo pq não fiz o mesmo movimento 3 VEZES...RS É isso mesmo!!! Meu TOC era: tudo tinha que ser 3 vezes. Na hora de fechar uma torneira, tinha que fechá-la e abri-lá 3X. Se eu esbarrava em um tapete, tinha que esbarrar novamente 3X, se folheava alguma revista, algumas folhas eu tinha que me certificar que não tinha outra folha grudada 3X... e assim aquilo me encheu o saco. TAMBÉM igual a vc, fui mentalizando que aquilo não era saudável e consegui acabar aos poucos com essas manias. E por algum motivo, não sei o qual, voltou novamente só um "pouquinho"... Só na hora de aumentar ou diminuir o volume da TV... o volume tem que parar em um número ímpar, de preferência com final 3...rs Mas nada que me prejudique...rs E sei que se eu quiser, tb consigo para com isso...rs Parabéns à Nós...rs Beijos linda!!!

    ResponderExcluir
  31. Nossa Jéssica! Amei seu post. SUPER me identifiquei com vc. Tb não lembro como eu comecei com o TOC, na época não se falava nessa "doença". As vezes achava que eu era meio louca...rs por isso nunca falei para ninguém. Até que um dia (IGUAL A VC) pensei: Vou acabar com isso, pois Deus não vai deixar que algo de ruim aconteça comigo pq não fiz o mesmo movimento 3 VEZES...RS É isso mesmo!!! Meu TOC era: tudo tinha que ser 3 vezes. Na hora de fechar uma torneira, tinha que fechá-la e abri-lá 3X. Se eu esbarrava em um tapete, tinha que esbarrar novamente 3X, se folheava alguma revista, algumas folhas eu tinha que me certificar que não tinha outra folha grudada 3X... e assim aquilo me encheu o saco. TAMBÉM igual a vc, fui mentalizando que aquilo não era saudável e consegui acabar aos poucos com essas manias. E por algum motivo, não sei o qual, voltou novamente só um "pouquinho"... Só na hora de aumentar ou diminuir o volume da TV... o volume tem que parar em um número ímpar, de preferência com final 3...rs Mas nada que me prejudique...rs E sei que se eu quiser, tb consigo para com isso...rs Parabéns à Nós...rs Beijos linda!!!

    ResponderExcluir
  32. OI! Legal você compartilhar isso tão abertamente. Em 2011 eu estava a beira de desenvolver TOC, porque aqui no Rio Grande do Sul a gripe A tinha voltado a "atacar", e eu comecei a lavar a minha mão a todo instante. Tipo sair da sala no meio da aula pra ir lavar a mão. Fora o nojo de ônibus que eu tinha, não fazia nada antes de lavar a mão depois que eu descia. Mas meu namorado me alertou que eu tava ficando compulsiva com isso e eu fui parando... agora eu só lavo a mão quando preciso mesmo! hehe

    Mas um dia tive que mostrar para o meu namorado tbm que ele estava ficando compulsivo em conferir coisas. Ele tinha que se certificar umas 5 vezes se tinha apagado as luzes e fechado a porta antes de sair. Um dia ele chegou a dar volta no meio do caminho porque achava que a luz do banheiro tava acesa (oi?). Fora perguntar toda hora "onde eu botei as chaves?, viu minha carteira?". Eram coisas que atrapalhavam e me irritavam também. Até que passou uma reportagem sobre isso no Fantástico e eu mostrei pra ele, e ele se identificou com isso.
    Só que é uma luta todos os dias, porque ele cai na tentação de fazer os "rituais" ás vezes!

    Obrigada por ser uma pessoa tão boa Jé, gosto muito do seu blog (entro aqui seguido e nunca comento hehe)

    beijoos

    ResponderExcluir
  33. ooi , lendo isso eu me lembrei de uma coisa , acho q tambem fazia algumas coisas do tipo e tals , mas nao me lebro bem quando parou , acho q foi quando eu tinha uns 9 anos . Eu ficava pensando exatamente essas coisas , tipo sera que dei comida para o cachorro ? ah n lembro mas eu n queria ir conferir ( preguica ) mas ficava pensando ah se eu n for alguem pode morrer , ou coisa do tipo . agr descobri q un dia ja tive algo !

    ResponderExcluir
  34. Nossa, que bacana vc falar sobre isso! Eu luto com o TOC já faz um tempinho, e sei bem como é horrível viver prisioneira da própria mente. Ñ tive a mesma "sorte" que vc de conseguir sair sozinha, eu perdi o controle quase desenvolvi depressão junto, tive que tomar remédio, e faço terapia comportamental que me ajuda demais!!! Graças a Deus hj estou bem melhor, mas uma dica: não sei se estou falando bobeira, mas para prevenir mesmo que o TOC ñ volte a nos assombrar, é recomendado tomar remédio ou pelo menos fazer a terapia comportamental, pq se ñ algo que possa acontecer no decorrer da vida pode fazer com que volte porém as vezes manias diferentes ou não, que foi o caso que aconteceu comigo a primeira vez que desenvolvi o transtorno foi aos 11 anos hj tenho 18. UFA DESABAFEI!Kkkk enfim, passei pelo su blog hj pela primeira vez, e ta de parabéeens, muito sucesso pra vc linda. Beijos

    ResponderExcluir
  35. Nossa, que bacana vc falar sobre isso! Eu luto com o TOC já faz um tempinho, e sei bem como é horrível viver prisioneira da própria mente. Ñ tive a mesma "sorte" que vc de conseguir sair sozinha, eu perdi o controle quase desenvolvi depressão junto, tive que tomar remédio, e faço terapia comportamental que me ajuda demais!!! Graças a Deus hj estou bem melhor, mas uma dica: não sei se estou falando bobeira, mas para prevenir mesmo que o TOC ñ volte a nos assombrar, é recomendado tomar remédio ou pelo menos fazer a terapia comportamental, pq algo que possa acontecer no decorrer da vida pode ocorrer com que volte porém as manias sendo elas diferentes ou não, que foi o caso que aconteceu comigo a primeira vez que desenvolvi o transtorno foi aos 11 anos era mania de limpeza hj tenho 18 e o toc veio completamente diferente. UFA DESABAFEI!Kkkk enfim, passei pelo su blog hj pela primeira vez, e ta de parabéeens, muito sucesso pra vc linda. Beijos

    ResponderExcluir
  36. Oi Jéssica! Nossa, eu li e REALMENTE me identifiquei. Eu não saio sem trancar, destrancar e trancar de novo a porta. Números só múltiplos de 5, ou que tenha o 3, e não passo nem perto do 6. Tenho sempre que deixar meu dedão recém roído ou apenas "úmido", e nem sei de onde isso tudo surgiu. E isso realmente já está atrapalhando minha vida, não só me atrasando ou fazendo as pessoas notarem, mas está me incomodando DEMAIS! Bom, vou seguir todas as suas dicas, e espero que funcionem comigo (se eu disser q vc foi um anjo q caiu do céu e me deu de bandeja a motivação que faltava, vc acreditaria?). Durante o auto-tratamento, eu volto aqui e te conto como tá sendo!
    Beeeeijos!

    ResponderExcluir
  37. Muito bom seu post vai me ajudar bastante, também descobri o que tinha vendo uma reportagem na TV e me dei conta que não era loucura minha que era algo que bastante gente também tem. O TOC só me traz malefícios, só atrasa a minha vida.
    Muito legal saber que alguém venceu, seu post me deu muita força para vencer o TOC.
    Parabéns!!
    Estou AMANDO o seu blog e seu canal, estou começando agora e adorei o seu vídeo sobre como conseguir parceiros e tal, ajudou bastante!
    Se possível me passa um email explicando aonde você conseguiu criar o site por 10$ o ano, ou algum outro que você ache que valha a pena.
    Boa sorte e sucesso.
    beijooo

    ResponderExcluir
  38. Muito bom seu post vai me ajudar bastante, também descobri o que tinha vendo uma reportagem na TV e me dei conta que não era loucura minha que era algo que bastante gente também tem. O TOC só me traz malefícios, só atrasa a minha vida.
    Muito legal saber que alguém venceu, seu post me deu muita força para vencer o TOC.
    Parabéns!!
    Estou AMANDO o seu blog e seu canal, estou começando agora e adorei o seu vídeo sobre como conseguir parceiros e tal, ajudou bastante!
    Se possível me envia um email falando como você conseguiu criar o site que você citou no vídeo que pagou 10$ o ano.. um contato um link, qualquer coisa.
    karolholanda17@gmail.com
    Boa sorte e sucesso.
    beijooo

    ResponderExcluir
  39. Nossa! Estou me vendo! Olha, meu marido sofre comigo, tem que estar tudo certinho e antes de dormir, ou seja, não posso acordar no outro dia e ver que não foi feito algo ou que deixei algo aberto! Sofro muito... Minhas coisas sempre estão em determinados lugares e que não podem sair dali senão terei um "treko"! Mas, vendo que eu não sou, é claro, a única "malukete" aqui, fico mais tranquila com isso! Jessica, gosto muito do seu blog e ainda mais em saber que você é curitiba, que orgulho!!! Parabéns querida!!! Grande beijo e SSS (super sucesso sempre)!!!

    ResponderExcluir
  40. Parabéns Jéssica por ter conseguido sozinha se livrar disso... O meu Problema com o TOC começou depois, que comecei a trabalhar no meu último Emprego, "eu simplesmente odiava esse emprego, e agarrei nojo de tudo e de todos", o problema é que eu fiquei com o TOC de limpeza, ou seja, na minha casa eu lembro de tudo que eu encostava( Maçanetas, ármarios, Torneiras, e outras coisas, banco do passageiro onde eu sentava, e também das roupas que eu usava pra ir trabalhar... Isso tudo ficou gravado na minha cabeça e "ficou como não posso encostar se não vou me contaminar" e por essa mania tenho que ficar lavando as mãospra trabalhar e também se alguma roupa nova tiver enc várias vezes ao Dia, não posso enconstar nas roupas que eu usava ostada nessas roupas não consigo usá-las, está tudo sendo um grande sofrimento pra mim, quero muito parar com isso tudo e ter uma vida Normal Novamente... Qual dica vc me dá para acabar com isso???

    ResponderExcluir
  41. ola jéssica,tenho essa maldita doença chamada toc,no meu caso creio que seja mais pertubante quê os outros citados nos comentários,esta atrapalhando minha vida,me incomoda muito essa droga de toc,lhe enviei um email,espero quê me responda la gata :D

    bjs e obg por postar sua experiencia,creio que me ajudara um pouco ;)

    ResponderExcluir
  42. Olá,

    tb gostaria de dar parabéns pelo blog e a iniciativa de tratar esse assunto tão delicado e tão comum. O meu problema são pensamentos obsessivos, por exemplo, ficar pensando numa porta qdo não tenho ligação nenhuma com ela. Não amo nem odeio portas. Isso foi só um exemplo bobo, não fico pensando em portas, mas foi só pra ilustrar o q acontece qdo uma ideia agarra na minha cabeça. É extremamente maléfico e doloroso. Gostaria de ficar boa um dia.

    Bjs

    ResponderExcluir
  43. Eu sou informatico, passei muito tempo da minha vida concentrado e durante muitas vezes a melhor maneira de eu aliviar a minha mente era abanando a cabeça, abrir a boca dar alguns gritos ou assobiar, mas o mais terrível e que nem deixar consigo é o dw abanar a cabeça, sinto me muito mal com isso, tem pessoas só meu meio que ate vergonha de estar comigo sentem.
    tento lutar contra isso já algum tempo uns dois três meses mais esta cada dia difícil, é completamente invuluntario não consigo controlar quanto mais fico nervoso ou ansioso com algo ele vem para transtornar e isso em noites de divertimento com o álcool na cabeça causa me ansias dores de cabeça. Espero que alguém que passa pelo mesmo poça ajudar me. Muito obrigado

    ResponderExcluir
  44. Eu tenho toc,quando eu era crianca uns 10,11 anos mais ou menos nao podia fazer nada 7 vezes,pra amarrar o cadarço do tênis era uma eternidade,passou um tempo o toc parou. Agora com 25 anos voltou,meu toc e tipo estou baixando uma musica dai vem um pensamento ruim de desejar coisa ruim dai eu tenho q interromper o download da musica e comecar tudo de novo ate nao pensar nenhuma besteira e nem em alguma pessoa q morreu se nao algo ruim vai acontecer. Eu levo horas pra arrumar o despertador enquanto eu nao pensar em uma coisa boa fico ativando e desativando o despertador. O problema eh esses pensamentos q vem sem eu querer... O q faço?ignoro eles ou o q? Nao aguento mais

    ResponderExcluir
  45. Eu também tinha conseguido superar o TOC sozinha, mas agora sei que ele está voltando,e agora está mais difícil de controlar, além de todos os rituais já citados em outros comentários acima, eu estou sofrendo com outro, nas provas da escola costumo conferir 10 vezes cada questão, se eu não fizer isso acho que vou tirar nota baixa, e isso me atrapalha bastante. Imagine hoje, era a Prova Brasil que todas as escolas do país fazem, temos 25 minutos para responder cada bloco da prova, blocos com mais de 10 questões, era impossível responder todas as questões e ainda conferir 10 vezes, mas eu não consegui controlar, resultado: Eu me atrasei no bloco de matemática e fui obrigada a chutar algumas questões que por sinal eram fáceis, e como eu tenho mania de perfeição estou chorando porque meu desempenho foi ruim, graças ao TOC... Me culpo tanto! Pra passar as questões pro gabarito foi outra tortura, vocês sabem, conferindo mais 10 vezes, me atrasei à beça e paguei um mico porque a aplicadora da prova não sabia do meu problema. Aliás ninguém sabe, é algo que guardo para mim, se eu contar para os meus pais eles vão achar que é bobeira minha, que é uma fase ou que eu to ficando maluca. Já não sei o que fazer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure orientação com seus pais, se eles não souberem te ajudar procure um psiquiatra, e possivelmente um psicóloga, passei por isso pois sou pai de uma jovem de 16 anos, dos quais passamos eu e minha esposa sem saber o que realmente acontecia com ela. E realmente eu gostaria que minha filha tivesse exposto o problema bem antes. É importante que você procure ajuda. Mas não se preocupe demais com tudo isso. Isso acontece com muita gente e no caminho certo tudo será superado acredite!

      Excluir
  46. Cara eu tbm tenho toc e esta muito dificil de superar esta cada vez pior as vezes tento controlar e nem sempre consigo. Nao sei mais o q fazer, estou fazendo tratamento, tomo remedio mas mesmo assim, nada. Será que alguém pode me ajudar?!
    E parabens por ter conseguido se livrar do toc, deve ter sido mt bom pra vc.

    ResponderExcluir
  47. Nossa Jéssica, eu não acreditei quanto li seu post! Eu faço todas essa coisas que vc mencionou, inclusive ficar mexendo a sobrancelha toda hora sem nem sequer perceber que estou fazendo isso...Não vou contar pros meus pais pq eles acham q isso é besteira mas vou tentar "me curar" sozinha, se vc conseguiu, eu acho que eu também consigo... Obrigada!

    ResponderExcluir
  48. nossa. difícil conviver com o TOC só tenho 17 anos, e tenho essa doença extremamente chata e irritante, eu a alguns meses estou tentando controlar isso, é realmente difícil, porque na minha cabeça fica uma loucura. vi também em outro sites que saber cada vez mais e se tornar um Expert na doença te ajuda a controlar melhor.. tenho vários e vários sintomas, antes não eram tao frequentes, agora estão começando a me incomodar e me trazer atrasos, obrigado pelas dicas, vou continuar tentando, mesmo sendo difícil pacas... obrigada...

    ResponderExcluir
  49. Eu tenho apenas 17 anos, e já sofro com o TOC, é realmente algo extremamente chat e irritante, eu tenho tido tentado me controla a mais ou menos um mês, mais é bem difícil, dentro da cabeça realmente vira um mundo psicótico, pode até parecer engraçado , mais quem conhece sabe o quanto faz mal, eu já desconfiava que tinha, mais nunca dei bola, ate começar fica cada vez mais serio, até que eu não conseguia mais parar de fazer algumas coisas repetidamente, e isso começou a me irritar e me atrasar também, fiquei sabendo que o quanto mais você sabe sobre oque tem (TOC) fica mais fácil de controlar. também ler bastante foi recomendado pra mim por um amigo que também tem o toc.. Então, obrigado pelas dicas.. Vou continuar seguindo... =)

    ResponderExcluir
  50. Boa noite! Sempre que leio sobre o depoimento de pessoas com TOC me sensibilizo. Há dois anos eu manifestei e isso me trouxe muito sofrimento, mais pelos pensamentos obsessivos. As medidas que me auxiliaram muito a ter o controle foram a terapia cognitivo-comportamental, uso de antidepressivo aliado a estabilizador de humor e a terapia espírita (passe em centro espirita kardecista). Graças a Deus essas três possibilidade alidadas me ajudaram muito, pois permite cuidar do corpo, da mente e do espírito. Durante minhas orações peço a Deus que ilumine a todos que tem o TOC a encontrar resoluções e curar ou amenizar essa doença da alma.... Que Jesus nos abençoe sempre! Se alguém quiser trocar experiências escrevam para mitodeprometeu@gmail.com!!!

    ResponderExcluir
  51. anônimo !!!

    Já que estamos falando de algo muito sério, gostaria que alguém me ajudasse a tratar de um assunto muito serio ao meu ver,
    Muito bem acho que tenho esse tal TOC, e desde 2008 venho tendo umas MANIAS de OLHAR NAS PARTES INTIMAS DAS PESSOAS, e o problema que eu não consigo me controlar, quando percebo já OLHEI, já fui ao Médico, Psicologos e nada adiantou, continuo na mesma, tive uma pequena melhora quando tomei um medicamento pra NERVOSISMO E ANSIEDADE, notei que fiquei mais calmo, parei de tomar e e a situação esta voltando, isso me deixa muito constrangido, e não estou ficando mais próximo das pessoas, principalmente homens, os caras falam até que o sou outra coisa, só que não tem nada haver, porque eu gosto mesmo é de mulheres, até já pensei que isso fosse até uma MALDIÇÃO, e também não vai ao caso, GOSTARIA MUITO SE PUDECEM ME AJUDAR...por favor...!

    ResponderExcluir
  52. CARA EU ESTOU PASSANDO POR MAUS BOCADOS POR CAUSA DESTE PROBLEMA QUE ESTÁ ME AZUCRINANDO, TENHO TOC PRA TUDO, TOCO NAS PAREDES, NA CHAVE DA PORTA, SE TIRO UM COPO DO LUGAR O COLOCO E RETIRO VÁRIAS VEZES, TEM HORAS QUE CONSIGO ME CONTROLAR, MAS AS VEZES NÃO TENTO, TENHO PENSAMENTOS ABSURDOS QUE VEM NA MENTE CONSTANTEMENTE, PASSEI UM TEMPO ALGUNS ANOS BEMMM MELHOR MAS AGORA VOLTARAM, MAS VOU SEGUIR SEU CONSELHO, VOU ME LIVRAR SOZINHO TAMBÉM, AS VEZES FICO COM DEPRESSÃO COM MEDO DE PARECER UM DOIDO OU DE FICAR DOIDO COMPLETAMENTE DE SER INTERNADO SEI LÁ, MAS VOU INICIAR UM TRATAMENTO SOZINHO AOS POUCOS VOU ME CONTROLAR COMO VC MESMA FALOU... OBRIGADO PELA POSTAGEM VAI ME AJUDAR MUITO.

    ResponderExcluir
  53. Com o seu relato me sinto mais seguro de controlar a mim mesmo.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  54. Jessica Gostaria de saber se é considerado TOC, tenho inumeros sabonetes abertos no box e nunca termino um, creme dental, desodorante, uso varias escova de dentes e cada vez compro mais creme pra cabelo e creme para corpo e rosto chegam vencer sem ser usados por completo. Me ajude não consigo me livrar..

    ResponderExcluir
  55. Ja tentei me livrar do TOC e pra falar a verdade tento isso todo dia,mas ele é mais forte que eu.Isso é triste e sofrivel demais.Meu TOC é de simetria,tenho que por tudo em ordem,e quando falo tudo,É TUDO MESMO.Fora isso durante a arrumação eu tenho que contar 1,2,3,4 isso 8 vezes,caso errar ou achar que ta imperfeito recomeço tudo.Fiz tratamento a uns 4 anos,me dei alta e nao ouvi o que a psicologa falava :Você nao está de alta e se nao continuar a terapia mais na frente isso pode piorar,apesar de voce estar se achando confortavel e ou curado.Dito e feito,ela tinha razão.Exemplo desse TOC é: Arrumar sapatos,sabonetes,xampu,cama,garrafas em geladeira,livros.A vantagem é que tudo fica organizado,mas a desvantagem é que voce perder de viver.Nao é facil pra ninguem,quando penso em desfazer um ritual,me livrar de um deles eis que surge um novo nessa brincadeira.Torna-se um mecanismo compensatório.Devo provavelmente estar num grau avançado da coisa,ate pq nao acredito que algumas pessoas achem que isso seja uma maniazinha besta ou ate mesmo frescura.É triste,doloroso e bastante sofrivel.Pra vcs que conseguiram se livrar desejo parabéns e que Deus ilumine cada um... :(

    ResponderExcluir
  56. Boa Tarde.
    Tenho TOC a uns 14 anos, é horrível, sei exatamente esse sofrimento.
    Quero procurar ajuda mas nunca procuro, e o pior de tudo, que não consigo desabafar com ninguém sobre isso.

    ResponderExcluir
  57. Boa Tarde.
    Tenho TOC a uns 14 anos, é horrível, sei exatamente esse sofrimento.
    Quero procurar ajuda mas nunca procuro, e o pior de tudo, que não consigo desabafar com ninguém sobre isso.

    ResponderExcluir
  58. Por mais q eu tente n consigo para parece crescer a cada hora e mesmo recebendo ajuda ainda fica deficio as vezes ate choro e n é so e que sofro minha familha tambem guando encosto em alguma coisa mesmo estando limpa quero me lavar as vezes ate me aranho e muito dificiol soperar

    ResponderExcluir
  59. Ola, tbm sofro disse, tenho vergonha de contar pra minha mãe por sei q ela ia achar q naum é nada de mais, mas isso já esta me prejudicando!!!

    ResponderExcluir
  60. Queria que fosse facil assim ... tenho essa m**** des dos 14 anos (tenho 17) ... nunca passei um dia se quér em páz ... todos os dias o mesmo inferno na minha mente ... mas obg por me fazer ter um pouco de esperança..

    ResponderExcluir
  61. Adorei a matéria. Tenho TOC desde os 10 anos, hoje tenho 24 e ainda não consegui parar... todo dia eu tento, mas não consegui.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  62. Olá, Eu acho que tenho TOC pois tenho obsessão por limpar a casa, nao posso ver nada fora do lugar que ficou meio transtornada. Vou fazer o mesmo que voce fez e ver se da certo, caso contrario vou procurar um medico. Obg bjss

    ResponderExcluir
  63. Olá Jéssica. Tenho 13 anos e sofro desse transtorno. Não aguento mais. Todo dia quando estou indo pro colégio quando tem uma placa ou um poste, eu tenho que parar, abraçar o poste ou a placa e dizer uma frase (sempre a mesma) E quando penso em uma coisa ruim eu tenho que fazer o sinal da cruz 6 vezes. Sempre que eu vou ligar algum aparelho (uma tv por exemplo), eu tenho que dar um pulo e dizer a mesma frase ( Não quero contar esta fraze que eu sempre tenho que dizer aqui) Até no volume da tv eu tenho uma sequencia de numeros. E se eu não fizer todas essas coisas (e ainda tem mais coisas sem sentidos) eu penso que algo de muito ruim vai acontecer. (Eu tenho medo de que minha mãe fique muito doente, pois ela é a pessoa mais importante pra mim) e então eu penso que isso ira acontecer. Eu não quero contar aos meus pais que eu tenho esse transtorno. Eles com certeza vão me dizer que é besteira e que eu estou louco. Me ajude!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa,

      conte aos seus pais. Mas forneca a eles informacao, ok? Converse, conte como se sente e mostre paginas e mais paginas na internet sobre o assunto. Faca uma analogia de q esse e um transtorno da mente, assim como ha doencas do corpo, como cancer, aids e td o mais.
      Seus pais te amam e vao te ajudar, mas pra isso vc tem q iluminar a compreensao deles. Peca a eles q paguem um psicologo pra vc. Se nao puderem, procurem um psicologo em alguma instituicao gratuita ou mais barata. O q nao pode acontecer e vc ficar sem ajuda!

      Acredite em Deus! Nosso Senhor tem o melhor pra nos. Pense nas promessas dEle. Somos tds vencedores e esse transtorno nao pode nos deter. Pense no qto vc e especial pra Deus e pra sua familia, e no quanto de amor vc pode dar as outras pessoas.
      Nao, nao e discurso religioso, apenas acho q uma consequencia boa (se e q podemos identificar uma) do toc e nos dar consciencia da nossa humanidade. Afinal, so temos esse mal pq somos humanos. Sendo assim, penso q deveriamos refletir sobre a nossa condicao e tentar amar um pouco mais o proximo, q pode nao ter toc mas ter algum outro tipo de problema, seja la qual for.

      Fiquem tds com Deus e mta forca pra lutar. A batalha e grande, ardua, e o caminho da vitoria e longo, entao vamos manter a esperanca.

      Excluir
    2. Muito obrigado pelo relato jessica, agora tenho esperanças de que minha vida volte a ser como era antes, cheia de alegria, nao aguento mais conviver com tanto sofrimento. Bjss!

      Excluir
  64. Peço imensa desculpa de só ter lido agora.
    Quando eu era criança, eu comecei a me aperceber exatamente do mesmo jeito que você, que tenho TOC's. Naquela altura eram MUITO frequentes e dominavam a minha vida e começou a ficar muito estranho (os meus pais achavam que era da idade, crianças por natureza são doidas e fazem doidices, então nem repararam) e com o tempo eu fui crescendo e isso continuou a acontecer até que eu fiz exatamente como você, comecei a contrariar os tocs e em bem pouco tempo eu comecei a me controlar
    Sempre tive tiques, tenho um HORRIVEL de ficar mechend no cabelo o dia todo e puxando ele e ja dura ha anos e me abano muito quando estou sentada na cadeira.. Fora isso, tenho uns habitos meio doidos como fechar as torneiras, contar os degraus que subo e ficar irritada se for numero impar, verificar 4 vezes se fechei o facebook em pcs que nao forem o meu... Mas tudo saudavel e nao me prejudica.
    Passei a adolescência toda normal e eles voltaram quando eu fiz 18 anos e ainda estou em fase de auto-cura. Não me prejudicam tanto quanto prejudicavam, mas é dificil gerir eles agora em adulta, porque eu nao posso simplesmente sair gritando do nada no meio da rua, nem ficar saltando por ai. Acho que vai dando pra levar e é mesmo um dia de cada vez.
    Conheci ha um tempo um rapaz que também tem TOC e namoramos há um ano já ><, um vai apoiando o outro.

    ResponderExcluir
  65. vlw ajudou eu tenho toc mais não conto pra ninguem porque é muito estranho e quase todo dia eu tenho dor de cabeça por ficar discutindo comigo mesmo pra ver se eu faço ou não faço aquilo mais quando eu não faço fico pensando oq vai acontecer comigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É constatado que alguém sofre de TOC quando por inseguranças crônicas desenvolve manias ou rituais incontroláveis.Estas inseguranças são genéticas e para se libertar do TOC e também melhorar outros aspectos emocionais tem que ser feito um condicionamento cerebral.
      Quando a pessoa desenvolve TOC o cérebro fica num loop e a pessoa perde o controle de prerrogativa do livre arbítrio e fica robô destas manias.
      Com este treinamento denominado do auto condicionamento cerebral a pessoa retoma o controle do seu emocional e se liberta do TOC como também de muitos outros males emocionais como, carências profundas, intolerância, impaciência e muitas frustrações.

      Excluir
  66. Eu sofro de TOC desde os meus 7 anos. Agora tenho 20. Desde a uns anos para cá tenho vindo a diminuir os meus tiques e consigo controlar melhor a minha ansiedade. Sofria muito a nível de obsessões. Tinha bastantes tiques tantos que é impossível numerar. Vc tinha o tique dos números ímpares, já eu era dos números pares. Quando sofro mais é na véspera dos exames da escola. Obrigado vou seguir seu conselho.

    ResponderExcluir
  67. Obg Vc me ajudou muito DEUS Te Abençoe e Te ilumine

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui! ;)

Arquivo do blog